Vigilantes decidem em assembleia que vão parar e bancos podem não funcionar na segunda-feira

Os vigilantes de Manaus decidiram, em assembleia geral realizada na Casa do Trabalhador, anteontem, que na próxima segunda feira vão paralisar as atividades em protesto contra a recusa das empresas do setor de discutir o reajuste dá categoria e o ticket alimentação. Além disso, eles denunciam que os empresários ameaçam acabar com o plano de saúde dá categoria e outros benefícios.

Se a paralisação realmente for bem sucedida, é muito provável que as agências bancárias não funcionem na segunda-feira, por falta de segurança.

Veja mensagem divulgada ontem por meio de aplicativos e redes sociais:

Companheiros e Companheiras,

Tendo em vista o sindicato patronal não ter apresentado até hoje uma resposta sobre o REAJUSTE DO SALÁRIO, DA ALIMENTAÇÃO e INSISTIR em ACABAR com o PLANO DE SAÚDE dos VIGILANTES, os trabalhadores, reunidos em assembléia no dia 16 de janeiro de 2017,  decidiram que depois da assembléia da próxima segunda dia 23 de Janeiro , às 7:30, na Casa do Trabalhador, Rua Márcilio Dias, Centro, haverá PARALISAÇÃO DOS VIGILANTES para mostrar ao sindicato patronal a INSATISFAÇÃO da CATEGORIA em relação a suas atitudes, que só pensam em prejudicar os trabalhadores.

Esse momento é de UNIRMOS FORÇA para derrotarmos os patrões, é hora de garantirmos o sustento de nossas famílias. Portanto vamos à luta. Nós somos capazes de vencer mais esta batalha. Não vamos permitir que PATRÃO que ROUBA o nosso pagamento, acabe também com o que é nosso por direito.

VAMOS À LUTA.

  VALDERLI BERNARDO
  Presidente do Sindicato dos Vigilantes”

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta