Vice-prefeito ataca Beto D´Ângelo em Manacapuru. Ouça o áudio

Está circulando em Manacapuru um áudio em que o vice- prefeito, Raimundo Franca Filho, o “Capela” (DEM), faz uma série de reclamações contra o titular, Beto D´Ângelo (PROS), contrariado principalmente pela postura da secretária de Ação Social, Eldilene Alves, que estaria perseguindo seus aliaados.

No início do mês a esposa de “Capela”, Nubia, já havia desabafado contra o prefeito. Agora o próprio vice-prefeito ataca, sem meias-palavras.

Ele chega a tratar Beto D´Ângelo como “cagão”, dizendo que ele se submeteria às decisões de Eliedna, segundo “Capela” indicado pelo governador José Melo para a função. No final do áudio, reclama que, se não empregarem “quem foi pra rua e pegou surra de carapanã”, ele e o prefeito serão “leprosos em 120 dias” – uma expressão que indica desgasta político.

Em outro trecho, ele revela que só teve como indicar quatro aliados “para trabalhar como gari, ganhando salário mínimo” e não conseguiu nenhum cargo revelante. Só que deixa claro que a filha também exerce um cargo (ela é subsecretária de Ação Social). Aliás, é por causa do tratamento dispensado a ela a revolta do vice-prefeito. Eldilene a teria humilhado.

O vice também não revela que conseguiu nomear o genro, Emerson Linconl da Silva Bastos, no gabinete do prefeito. Veja o decreto:

Agora ouça o áudio polêmico:

1 COMMENT

LEAVE A REPLY