Vereadora de Parintins perde pai e mãe na mesma semana, vítimas de Covid-19

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O pais da vereadora e empresária de Parintins, Marcia Baranda (MDB), morreram esta semana, em um espaço de 72 horas, vítima das Covid-19. Há 3 dias, faleceu o comerciante Raimundo Teixeira Cardoso, conhecido como Preto Buretema, 83, e hoje a esposa dele, dona Vilma Cardoso, morreu aos 82 anos. O casal viveu junto por 60 anos e a história de amor deles foi ressaltada e pela filha, ao comunicar a morte dele nas redes sociais.

Baranda, que foi a segunda mais votada na eleição para a Câmara de Parintins no ano passado, já disputou a Prefeitura local. A família é uma das mais tradicionais no comércio da cidade.

Ela se despediu assim da mãe:

“É o conforto que meu coração encontra nesse momento em que recebemos a confirmação da partida da nossa amada mãe, Vilma Cardoso.
Ela foi em busca do seu par e do seu grande amor, meu pai Preto Buretama, com quem viveu por 60 anos.
É essa história de amor linda que vamos guardar em nossos corações, uma história construída com trabalho, superação, fé, confiança e dedicação à família.
Deus sabe de todas as coisas e a ele entregamos nossas lágrimas pela despedida. A Deus entregamos nossa mãe e nosso pai. Eles agora não sentem mais a dor, nem o sofrimento dessa doença cruel e descansam na eternidade como filhos de Deus muito amados.
Gratidão a Deus pelos pais maravilhosos que tivemos, pelo amor incondicional.
Amarei vocês eternamente minha mãe Vilma, meu pai Preto. Que descansem no amor, na luz e na paz.”

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta