Vereador propõe CPI para investigar comportamento abusivo da Amazonas Energia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O vereador Rodrigo Guedes (PSC) apresentou, nesta terça-feira (16), um requerimento solicitando a instalação de Comissão Especial Parlamentar de Inquérito para investigar a empresa Amazonas Energia.
Durante discurso na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Rodrigo Guedes afirma que a CPI vai apurar as práticas abusivas cometidas pela empresa, como cortes indevidos do fornecimento de energia elétrica durante o estado de calamidade pública na cidade de Manaus, bem como o descumprimento criminoso de decisões judiciais.

Além disso, o vereador afirmou que a criação da Comissão é necessária porque, segundo veiculado pela imprensa, a Amazonas Energia ocupa o primeiro lugar no ranking das empresas mais reclamadas perante o Procon Amazonas, pelo segundo ano consecutivo.

“Afirmo, categoricamente, que é impossível lidar com essa empresa que não respeita a sociedade amazonense. A Amazonas Energia é caso de polícia porque desrespeita, sistematicamente, a população bem como todas as instituições”, afirmou.

O vereador argumentou, ainda, que por conta da prática de corte de energia, denunciada pelos consumidores nas redes sociais e em veículos de comunicação, a Amazonas Energia tem descumprido o artigo 1º da Lei Estadual nº 5.143/2020 e artigo 2º da Lei Estadual nº 5.145/2020 e decisão judicial em sede de ação coletiva.

Por conta disso, ainda em janeiro com uma representação no Ministério Público do Estado (MPAM) denunciando e requerendo a prisão dos proprietários da empresa.

As leis estaduais proíbem a suspensão do fornecimento de energia elétrica por inadimplência das unidades consumidoras de fornecimento residencial e de serviços essenciais, enquanto durar o estado de emergência na saúde no Estado do Amazonas.

“Acabou a conversa com a Amazonas Energia. A gente tem que agir na ‘chibata’ com esta empresa. É o que os dirigentes e proprietários merecem. As instituições agem, mas eles não respeitam ninguém. Eles, porém, têm que respeitar esse parlamento”, disse o vereador.

“Vamos enquadrá-los. Peço a criação da CPI e que ela não termine em pizza. Acabou a brincadeira da Amazonas Energia com a população”, concluiu.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta