Vereador diz que hospitais infantis de Manaus estão demorando horas para atender, o que gera enormes filas

Durante Sessão Plenária de terça-feira (14/05), o vereador Dione Carvalho apresentou denúncias sobre o serviço nos hospitais para crianças em Manaus. O parlamentar afirmou que pacientes aguardam horas em filas e cobrou agilidade nos atendimentos, marcação e realização de cirurgias.

De acordo com o vereador, os pacientes relatam a falta de médicos nos hospitais, o que causaria demora e transtorno para os pacientes. Durante o discurso, Dione Carvalho cobrou fiscalizações nas unidades do Joãozinho e Pronto-Socorro da Criança Zona Sul, locais que segundo ele reúnem boa parte das denúncias.

“Deixo claro que não sou contra o governador e muito menos o prefeito de Manaus, mas quando se trata de crianças cardiopatas e da saúde pública, sempre estarei cobrando e fiscalizando. A saúde é a única área em que não se pode brincar, é preciso agir”, enfatizou o vereador.

Dione Carvalho mencionou a Lei 8.080/1990, que regula as ações e serviços de saúde em todo o território nacional. A lei estabelece diretrizes para a prestação de assistência à saúde, seja ela executada por entidades públicas ou privadas.

Dione Carvalho ressaltou que, frequentemente, a lei não é respeitada, sendo necessário recorrer a ações judiciais para garantir um direito assegurado na Constituição Federal.  

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta