Um pouco de samba para relaxar é a proposta da live de Junior Rodrigues no sábado

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print
Diante de todas as más notícias divulgadas diariamente nas redes sociais e na mídia, um dos maiores sambistas do Amazonas, Junior Rodrigues, decidiu promover uma live amanhã, sábado, às 13h, em seu perfil no Facebook, durante a qual o internauta poderá até pedir músicas. Na playlist, sambas que compõem os 10 álbuns lançados por ele, cinco do Projeto Samba Sempre (coletâneas com vários cantores) e cinco autorais.

“A intenção da live é levar um pouco de alegria pras redes sociais, tão recheadas com tristes notícias com as perdas de amigos, causadas pela pandemia. Terá a duração de uma hora e meia e o público pode pedir músicas interagindo pelos comentários do meu perfil no Facebook”, diz Rodrigues.]
Os álbuns que compõem a play list são o Samba Sempre 1,2,3,4 e 5, que reúnem vários amigos do sambista, além de Parti do Alto (2009), Parti do Alto Ao Vivo (2011), que foi gravado no Teatro Amazonas, Todos os Santos (2013), Essa Vida é Batalha (2015) e Marias do Samba (2020).
Aos 50 anos recém-completados, Junior Rodrigues atua há 31 nos palcos. Começou sua carreira na escola de samba Reino Unido da Liberdade, multicampeã do Carnaval amazonense. Gravou o seu primeiro CD solo em 2008, com composições próprias e em parcerias com compositores amazonenses, intitulado “Parti do Alto”, trocadilho com o estilo Partido Alto, que é o seu preferido no gênero do Samba.
Já fez shows com grandes nomes do Samba e já realizou shows em casas de cultura em São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Fortaleza e em diversos municípios do Estado do Amazonas.
É compositor da música “A Casa da Mãe da Gente”, em parceria com Gilson Nogueira, que faz parte do álbum “Acesa” da intérprete Alcione.
Inseriu no calendário amazonense a comemoração do Dia Nacional do Samba que, em dezembro de 2009, levou ao Largo de São Sebastião um público de 5.000 sambistas.
Lançou seu segundo CD em 2009, com DVD gravado no Teatro Amazonas. Em 2010, recebeu a comenda de grande mérito da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, pelo seu incentivo ao Samba de Raiz na capital.
No carnaval de 2012 foi homenageado pela escola de samba Acadêmicos da Cidade Alta com o
enredo *Junior Rodrigues – o enredo que deu samba do fundo do nosso quintal”.
Em 2013 foi o vencedor do festival da amostra de Sambas inéditos Expo Samba, realizada em São Paulo, com o Samba “Divino Porre” de sua autoria e parceria com Pedro Donadio. No mesmo ano lançou seu terceiro CD no Teatro amazonas, intitulado “Todos os Santos”, com participações de Moacyr Luz, Alfredo Del Penho e Sergio Souto.
Em 2014 fez uma temporada no Rio de Janeiro para cursar especialização em música na Escola de Música Villa Lobos.
Lançou em 2016, em Manaus e no Rio de Janeiro, o  CD “Essa Vida é Batalha”, com músicas de sua autoria.
Em 2020, lançou seu quinto álbum, intitulado “Marias do Samba”, com apoio da Lei Federal Aldir Blanc, viabilizado pela Manauscult.
É produtor do Projeto “Samba Sempre”, que já está na sua quinta edição e que tem como objetivo estimular a criação e registrar em CD o samba autoral.
Também atua como produtor, tendo atuando em trabalhos dos artistas Dudu Brasil, Tatá Jatobá e Mestre Arnoldo.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta