Suframa promove seminário gratuito para ensinar a exportar comidas e bebidas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Com o objetivo de prestar orientações a empresas exportadoras de alimentos e bebidas de produtos amazônicos, o Comitê Gestor do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) no Amazonas irá promover, na manhã do dia 23 de setembro (sexta-feira), no auditório da SUFRAMA, o seminário “O papel do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) no comércio exterior: Procedimentos e licenças para exportação”. 

Ministrado por técnicos do MAPA, o seminário abordará tópicos como “Competências do MAPA”; “Exigências do MAPA para exportação e importação de produtos de origens animal e vegetal”; “Processo de certificação para produtos orgânicos; e “Exigências operacionais da Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro)”.

De acordo com a coordenadora geral de Comércio Exterior da SUFRAMA, Sandra Almeida, o seminário era uma das principais demandas das empresas interessadas em exportar produtos como açaí, castanha da Amazônia e polpa de cupuaçu. “O seminário será um momento ideal para os interessados dirimirem dúvidas sobre as regras e normas que regulam o fluxo internacional de alimentos e bebidas, bem como receber dicas sobre procedimentos que poderão facilitar a venda de produtos regionais para outros países”, observa.

As vagas são limitadas e a inscrição, gratuita, pode ser feita pelos endereços eletrônicos: [email protected].br ou [email protected]. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: 3321-7256/3321-7274.

PNCE no Amazonas

Instituído em janeiro deste ano, o Comitê Gestor do PNCE no Amazonas é coordenado atualmente pela SUFRAMA e tem o objetivo principal de disseminar a cultura exportadora na região. O PNCE do Amazonas tem como parceiras as seguintes instituições: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Banco do Brasil, Receita Federal do Brasil, Caixa Econômica Federal, Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide), Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Correios, Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio/AM), Cin/Fieam, Mapa, Núcleo de Faixa de Fronteira do Amazonas (Niffam), Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI), Núcleo Estadual dos Arranjos Produtivos Locais, Organização das Cooperativas do Estado do Amazonas (OCB/AM), Sebrae e SUFRAMA.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta