Sorveteria mais famosa de Manaus migra para o mercado livre de energia e vai economizar mais de R$ 100 mil

A sorveteria Glacial, uma das sorveterias mais tradicionais da cidade de Manaus/AM, inova contratando a 2W Ecobank para migrar para o mercado livre de energia. Além de ter uma redução significativa na fatura de energia, a sorveteria escolheu a 2W Ecobank para que os seus sorvetes fossem produzidos com energia 100% verde, reforçando o compromisso com práticas ESG. A sorveteria Glacial também vai receber da 2W Ecobank dois totens para carregamento de energia para carro elétrico. A Empresa irá economizar mais de R$ 100 mil reais com energia, utilizando a partir de agora energia limpa e renovável de fonte eólica da 2W e também irá evitar a emissão de 143 toneladas de CO2 na natureza por ano. A Região Norte conta com mais de 8,9 mil unidades consumidoras aptas para migrar para o mercado livre de energia.

A 2W Ecobank está a 15 anos atuando no mercado energético do país, agrega ao portfólio produtos de sustentabilidade, como créditos de carbono e inventário de emissões de gases de efeito estufa. Para clientes que migraram para o mercado livre de energia com a 2W é possível acompanhar consumo de energia e telemetria, pagar a fatura de energia pela plataforma, acompanhar economia em relação ao mercado cativo e também adquirir produtos relacionados à sustentabilidade, como totem de carregamento para veículo elétrico, jornada ESG, inventário de carbono, entre outros. “Estamos confiantes de que, com a nossa expertise e foco em energias renováveis e sustentabilidade, conseguiremos impulsionar o mercado brasileiro e ajudar nossos clientes a alcançarem seus objetivos de negócio de forma mais eficiente e responsável. Juntos, podemos construir um futuro mais sustentável e próspero para todos”, diz Ciro Neto, diretor Comercial Nacional da 2W.

Com um compromisso com a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental, a 2W Ecobank se destaca no mercado como uma das principais referências em energia renovável no Brasil. No país a empresa já conta com mais de 1,2 mil clientes (PMEs), sendo mais de 100 localizados na região Norte. “O Amazonas é uma região-chave para avançarmos na popularização da opção pelo mercado livre de energia em todo país. Com mais informação, as pequenas e médias empresas terão acesso a um modelo que promove maior economia e sustentabilidade e que até hoje só estava disponível para as grandes organizações”, ressalta Ciro Neto.

Sobre a Sorveteria Glacial

Falar de sorvete em Manaus é falar de Sorvetes Glacial. A história dos sorvetes Glacial faz parte da história do crescimento da cidade de Manaus nos últimos 30 anos, quando os herdeiros de um famoso bar na esquina da Av. Getúlio Vargas e Rua Lauro Cavalcante (o bar Castelo de Ouro) decidiram investir na pequena fábrica de sorvetes ainda remanescente do tal bar e abrir a primeira Sorveteria Glacial. Era o ano de 1983 e o sucesso foi imediato. A partir daí, a Glacial só fez crescer. Hoje, a Glacial é líder na produção e distribuição de sorvetes naturais de fabricação artesanal da cidade de Manaus e algumas cidades do interior do Amazonas. A marca mais lembrada na mente do Manauara quando se fala em sorvetes e cinco vezes “o melhor sorvete de Manaus”​ pela edição anual Comer e Beber da revista Veja. A empresa conta com nove lojas espalhadas em vários pontos da cidade, estratégia de expansão e aperfeiçoamento crescente da rede de sorveterias.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta