Sob nova direção, PSL vai lançar médica amiga de Bolsonaro para disputar o Senado no Amazonas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Agora sob o comando do tenente-coronel PM reformado Ubirajara Rosses, o Partido Social Liberal, legenda hoje dominada pelo deputado carioca Jair Bolsonaro, vai lançar uma médica para disputar o Senado no Amazonas. Ela é Adriana Guimarães e sua principal plataforma até aqui é ser amiga pessoal do presidenciável de direita.

O PSL vem sendo disputado por vários grupos nos últimos tempos. Na época em que ainda era apenas mais um partido “nanico”, ele foi comandado pelo ex-vereador Masami Miki, pelo ex-deputado e atual vice-prefeito de Parintins, Tony Medeiros, e ultimamente estava sob controle do deputado Platiny Soares.

No início da semana Rosses apresentou-se como novo dirigente regional, seguindo uma linha que vem sendo adotada por Bolsonaro em todo país – entregar a direção do partido pelo qual disputará a Presidência prioritariamente a militares.

A decisão pegou Soares de surpresa, assim como o jornalista Ari Aleixo, que presidia a Municipal da legenda e também tentava assumir a regional. Os dois foram a Brasília tentar reveter a decisão.

Alheia a tudo isso, Guimarães já se apresenta como candidata ao Senado e diz que a garantia de sua candidatura vem do próprio Bolsonaro, com quem mantém uma relação pessoal de amizade. Os dois inclusive frequentam a casa um do outro.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta