Senador Romário dá aula de futevôlei durante lançamento de projeto no igarapé do Passarinho

O senador Romário (PL/RJ), tetracampeão da Copa do Mundo de 1994 e incentivador da prática do futvôlei, está em Manaus para participar de dois eventos, um público e outro privado. Ontem ele foi ao bairro Terra Nova 3, no Igarapé do Passarinho, na zona Norte da capital amazonense, participar do projeto “Mais Futevôlei nos Bairros” oferecerá, de forma gratuita, aulas da modalidade a crianças e jovens da capital. Ele jogou uma partida junto com jogadores locais, com a participação também de políticos.

“O futevôlei é um esporte que tem crescido não só em Manaus, não só no Brasil, como também no mundo. Com essas quadras de futevôlei espalhadas aqui em Manaus e futuramente em todo o Estado, nós vamos conhecer vários jogadores de futevôlei”, disse o senador e craque carioca.

Executado por meio da Fundação de Alto Rendimento (Faar), com o objetivo de incentivar práticas esportivas, a iniciativa está integrada ao Projeto Esporte e Lazer na Capital e Interior (Pelci). As escolinhas vão funcionar primeiramente nos campos revitalizados pelo Estado.

Dentre os pontos que receberão as escolinhas estão o Complexo Esportivo do Passarinho, bairro Terra Nova 3; o Campo da Baixada Fluminense, bairro Cidade Nova; o Campo do CDC da Compensa, bairro Compensa; e o Campo Arena do Monte, no bairro Monte das Oliveiras.

Também terão escolinhas o Centro Esportivo Municipal (CEM) Hileia, no conjunto Hileia, bairro Redenção; o Centro de Esporte e Lazer (CEL) Compensa, bairro Compensa; o Complexo Esportivo Nelson Lacerda (CFM Santo Agostinho), no bairro Santo Agostinho; Campo do Florestão, no bairro Tancredo Neves; o Campo do Curió, na Cidade Nova; e a Vila Olímpica de Manaus, no bairro Dom Pedro.

“Hoje graças a Deus as portas se abriram e a gente está muito feliz de proporcionar e trazer esse esporte para dentro dos bairros, das comunidades, para crianças carentes”, Ednilson Peixoto, o “Louro”, professor do projeto Mais Futevôlei.

A Vila Olímpica de Manaus, que receberá o projeto Mais Futevôlei nos Bairros, terá um novo espaço dedicado exclusivamente à modalidade para atender atletas mirins do Pelci.

Dentro de uma caixa de areia com 512 metros quadrados, a quadra de areia de futevôlei da Vila Olímpica segue as medidas oficiais para o desenvolvimento da modalidade e realização de competições, com medidas de 9 metros de largura e 18 metros de comprimento, dividida ao meio por uma rede com 2,20 metros de altura.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta