Senador destina emenda de R$ 2 milhões para aumentar testagem no Amazonas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Instituição que tem exercido um papel importante na missão de apurar o número exato de infectados pela Covid-19 no Amazonas, condição essencial para a definição das estratégias de combate à doença, o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-AM) recebeu, na semana passada, R$ 2 milhões para ampliar a realização e o processamento de exames de diagnóstico.

O recurso faz parte do montante de R$ 18,1 milhões providenciados pelo senador Eduardo Braga (MDB/AM), por meio de emendas ao Orçamento da União, e direcionados exclusivamente para investimentos nos serviços de saúde oferecidos aos amazonenses.

Além do Lacen-AM, a capital Manaus, prefeituras do interior e dois órgãos de ponta – as fundações Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCECON) e de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD) -, foram contemplados com as verbas federais.

Segundo Cristiano Fernandes, diretor técnico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) – a qual o Lacen-AM é vinculado, o reforço financeiro será aplicado em melhorias na estrutura física do Lacen-AM. Uma delas é a ampliação do laboratório de virologia, onde é feito o diagnóstico molecular da Covid-19. “Isso vai ampliar a nossa capacidade técnica para detecção de vírus respiratório, especialmente a Covid-19, que tem sido um desafio para o Amazonas”, explicou ele em vídeo encaminhado ao senador.

Em outra ocasião, Rosemary Costa, diretora-presidente da FVS-AM, afirmou, ainda, que o recurso será utilizado para aquisição de um pipetador automático, equipamento para acelerar a liberação dos exames. “Isso vai agilizar muito a etapa do processo de extração do DNA dos vírus, reduzindo o tempo de processamento de quatro horas para uma hora”, disse.

Mais de 20 mil – Ontem, 20 de maio, o número de casos confirmados da doença no AM chegou a 23.704, com 1.561 mortes registradas.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta