Sem a presença de possíveis aliados, PR lança Marcelo Ramos ao Governo

Muito diferente do que aconteceu na campanha pela Prefeitura de Manaus no ano passado, o evento ocorrido há pouco no auditório Belarmino Lins, da Assembleia Legislativa, para lançar o nome do ex-deputado Marcelo Ramos como candidato a governador na eleição suplementar, ficou restrito ao partido dele, o PR, sem a presença de possíveis aliados.

No encontro, que em tese serviria para planejar os dois próximos anos da legenda, o deputado Alfredo Nascimento mostrou quem é o cacique, ao nomear o radialista Wilson Lima vice-presidente estadual da legenda, mesmo sem organizar uma Convenção para a escolha, como ocorre em partidos sem “dono”.

Alfredo foi econômico nos elogios a Marcelo, mas o deputado Sabá Reis disse que ele é “o bibelô da vez” (sim, foi um elogio).

Desde que o governador José Melo foi cassado, circularam boatos sobre um possível boicote de Alfredo à candidatura de Marcelo, que cresceram depois que ambos conversaram com o senador Eduardo Braga.

Desta vez, a empolgação em torno de Marcelo é menor e a possibilidade de negociação com outros candidatos bem maior.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

  1. Marlene

    Se tem uma pessoa que eu não voto é nesse cidadão! Ele é muito incoerente, demagogo, hipócrita, lembro dele fazendo oposição ao Omar e depois ao Zé Merenda, e na última eleição estava todos juntos! E agora diz que é a novidade, querendo bancar a de bom moço, honesto do lado do buchada de bode! Se merecem! Ele é arrogante sem está no poder, imagina como governador, Deus nos livre dele!

Deixe uma resposta