Saiba como você pode recorrer das multas de trânsito mesmo com o IMMU fechado

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), mantém suspenso o atendimento presencial à população que precisa recorrer de multas de trânsito, em respeito ao Decreto Municipal nº 4.999, do prefeito David Almeida, de 4 de janeiro de 2021. No entanto, o recorrente pode enviar a defesa da multa pelo endereço eletrônico https://servicosimmu.manaus.am.gov.br.

O IMMU orienta que, antes de protocolar no site os arquivos, que devem ser em PDF, para serem enviados, o requerente deve verificar se os documentos estão digitalizados legivelmente e assinados, para não correr o risco de serem devolvidos e indeferidos pelo relator do processo. O órgão de trânsito está recebendo os recursos de multas apenas on-line, e os condutores que precisarem imprimir a segunda via de notificação ou de multa podem acessar o site na opção Recurso de Multas.

“O requerente, antes de anexar os documentos para análise da defesa prévia ou da Jari, deve verificar se eles estão assinados e legíveis, para não correr o risco de serem devolvidos por e-mail ou serem indeferidos pelos relatores”, orientou o chefe do Serviço de Atendimento Especial do Idoso e Pessoa com Deficiência (SAE), Jean Sobreira.

A prefeitura ainda informa que a emissão de novas credenciais de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência não estão sendo emitidas, porém as que estão próximas de vencer ou já vencidas podem ser utilizadas pelo portador, sem o risco de autuação pelo agente de trânsito. No momento da fiscalização de trânsito, a credencial deverá estar sobre o painel do veículo, com fácil visualização.

O requerente que deseja tirar dúvidas pode enviar um e-mail para [email protected] ou ligar para o número (92) 98855-1654.

Documentos para recurso de multas:

Pessoa física

  1. Documento de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação
  2. Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos – CRLV
  3. Comprovante de residência atualizado
  4.  Notificação de Autuação (frente e verso), no caso de Defesa de Autuação
  5.   Notificação de Imposição de Penalidade (frente e verso), no caso de Recurso a JARI
  1. Procuração (reconhecida em cartório, caso não seja o proprietário do veículo) 

Pessoa jurídica

  1. Documento de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação do responsável, conforme consta no Contrato Social
  2. Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos – CRLV
  3. Comprovante de residência atualizado
  4.    Notificação de Autuação (frente e verso), no caso de Defesa de Autuação
  5.  Notificação de Imposição de Penalidade (frente e verso), no caso de Recurso a JARI
  1. CNPJ
  2. Contrato Social
  3. Procuração (reconhecida em cartório, caso não seja o proprietário do veículo)
  4. Em caso de veículo de locadora, anexar contrato de locação

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta