Repórter da TV Diário reage a assalto, é baleado duas vezes e passa por cirurgia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O repórter cinematográfico da TV Diário/Record News, Renê Silva dos Santos, de 45 anos, foi baleado duas vezes depois de reagir a assalto de que foi vítima, junto com a repórter Natasha Pinto. A equipe estava trabalhando logo cedo, apurando informações sobre uma tentativa de homicídio na avenida São Francisco, bairro Coroado, zona Leste de Manaus, quando dois homens em uma motocicleta vermelha a abordaram e conseguiram subtrair os celulares dos jornalistas. A vítima decidiu persegui-los, alcançou os criminosos, derrubando-os do veículo. Foi quando ocorreram os tiros, durante uma luta corporal.

O confronto entre o cinegrafista e os assaltantes ocorreu na Alameda Cosme Ferreira, nas proximidades de onde ocorreu o assalto. Com os tiros, a dupla criminosa conseguiu escapar e Santos foi socorrido por populares e conduzido até o Hospital João Lúcio, aonde deu entrada com ferimentos no tórax e na mão. Ele foi atendido e submetido a cirurgia. Neste momento o quadro é estável. A repórter não se feriu, mas ficou muito abalada, conforme relatou em entrevista à própria TV Diário e à rádio Diário.

Acionadas, as Polícias Civil e Militar deslocaram equipes para tentar prender a dupla de criminosos., na manhã desta quinta-feira (15), em Manaus.

Nota

Em nota, o Grupo Diário de Comunicação (GDC) disse que está prestando toda a assistência à equipe de reportagem ferida em assalto. Diretores da empresa estão no Hospital João Lúcio acompanhando a cirurgia do cinegrafista.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta