Rede lança em Manaus a campanha “Nem Dilma, nem Temer. Nova eleição é a solução”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

luiz-castro-e-marina

Em seu pronunciamento durante o Pequeno Expediente, realizado nesta quarta-feira (6), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado Luiz Castro (Rede), repercutiu o evento realizado pela Rede Sustentabilidade no início da tarde da última terça-feira (5), no Hotel Nacional, em Brasília, para o lançamento da campanha “Nem Dilma, nem Temer, nova eleição é a solução”, que pede que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) casse os mandatos da presidente Dilma Rousseff (PT) e seu vice, Michel Temer (PMDB), e promova novas eleições.

Para Castro existem provas concretas de que a chapa Dilma/Temer recebeu recursos irregulares para financiamento da campanha presidencial de 2014, e que o afastamento da presidente e seu vice, é o início para solucionar a crise econômica e política que se encontra o país.

“O impeachment não é um golpe. É um processo legitimado pela Constituição Federal (CF)”, declarou o deputado, complementando que o impeachment não é o suficiente, pois a população anseia por mudanças mais profundas, do que apenas a mudança de presidente, especialmente se o sucessor for do PMDB, haja vista que o partido é parceiro há anos da atual administração do país.

Portanto, a Rede Sustentabilidade entende que qualquer solução tem que estar de acordo com as leis vigentes e o TSE precisa ter senso de urgência que exige a situação. Luiz Castro declarou que o Brasil precisa de nova eleição presidencial, livre de qualquer sombra de possíveis irregularidades, porque, segundo o parlamentar, as últimas eleições foram maculadas pela invasão do domínio político e pelo poder econômico controlados pelo PT e PMDB, através de empreiteiras e desvios de recursos da Petrobras e de outras estatais brasileiras, conforme mostram as investigações realizadas pela Polícia Federal (PF).

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta