Projeto incentiva uso de bioquerosene por empresas de aviação

O projeto do senador Eduardo Braga (MDB) que cria o Programa Nacional de Bioquerosene depende da apreciação de somente uma comissão da Câmara dos Deputados para seguir à sanção presidencial e virar lei no país. Criada para estimular o uso do combustível sustentável pelas empresas aéreas brasileiras, a proposta foi aprovada por unanimidade, na semana passada, na Comissão de Minas e Energia da Casa e já seguiu para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC).

Confira a íntegra da proposta clicando aqui.

“A intenção é promover o desenvolvimento de tecnologia limpa para a produção de biocombustível à base de biomassas, para a sustentabilidade da aviação e a conservação e preservação dos recursos naturais, mas sem concorrer com a produção alimentar no país”, afirma o parlamentar amazonense. 

O projeto detalha providências que devem ser tomadas para incentivar a pesquisa, o fomento, a produção, a comercialização e o uso energético do bioquerosene, como a destinação de recursos de agências e bancos de fomento federais, em condições especiais, para projetos nessa área.

Segundo estimativas da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), 15% dos combustíveis utilizados a partir de 2020 na aviação civil serão de fontes renováveis. Atualmente são realizadas experiências de voos com combustíveis alternativos, incluindo o bioquerosene, para demonstrar a viabilidade técnica desses novos produtos. 

Foto: Vagner Carvalho

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta