Presidente do PSL-AM rebate declarações de Rebecca sobre Bolsonaro

O presidente regional do PSL, tenente coronel PM reformado Ubirajara Rosses, divulgou áudio ontem condenando as declarações da candidata a vice-governadora, Rebecca Garcia (PP), sobre o candidato a presidente do partido, Jair Bolsonaro, em reunião ontem com movimentos sociais no bairro Aparecida, em Manaus. “Ela foi extremamente infeliz, até porque já tinha dito que foi deputada junto com ele e teve um bom relacionamento, que o admirava. Agora se pronuncia de forma contundente sobre assuntos que já foram esclarecidos, como o caso da deputada Maria do Rosário (PT/RS)”, argumentou ele.

Segundo Rosses, o PSL-AM se manteve isolado no primeiro turno, apesar de fazer parte da coligação “Eu Voto no Amazonas”, que tinha Amazonino Mendes (PDT) como candidato a governador. “Nunca tivemos qualquer apoio. Ainda assim, nos posicionamos em apoio aos dois candidatos neste segundo turno”, disse ele.

Rosses garantiu que Bolsonaro “vai fazer muito pelo Amazonas, em detrimento de muitas pessoas que tiveram a possibilidade de fazer e não fizeram”. “Ele vai fazer coisas que muitos governadores não tiveram coragem ou vergonha na cara para fazer”, afirmou o dirigentes partidário.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta