Prefeitura diz que não há previsão para retorno das aulas presenciais em sua rede

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Em audiência pública virtual sobre o ano letivo de 2021, realizada pela Comissão de Educação da Câmara Municipal de Manaus (CMM), a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), reafirmou que as aulas da rede estão acontecendo de forma remota, garantindo a segurança dos professores, alunos e pais, sem previsão para o retorno presencial.

O subsecretário de Infraestrutura e Logística (Infralog) da Semed, Marcelo Campbell, afirmou que a orientação do prefeito David Almeida é de que a secretaria não tome nenhuma decisão açodada e sem o conhecimento da comunidade escolar.

Campbell ressaltou que o secretário de Educação, Pauderney Avelino, e o corpo técnico da Semed abriram as portas da secretaria para receber os sindicatos dos trabalhadores da educação, sempre apresentando as ações voltadas à melhoria das aulas remotas, sem forçar a volta presencial.

“Em nenhum momento tocamos no assunto de retorno imediato às aulas. Estamos fazendo os estudos preliminares necessários, esperando as definições das autoridades sanitárias estaduais e municipais. Nós estamos em planejamento, só voltaremos às aulas presenciais ou híbridas, quando tivermos a segurança de todos”, destacou Campbell.

Ainda de acordo com o subsecretário da Semed, mesmo com as atividades remotas, a secretaria tem trabalhado para deixar as escolas preparadas para quando for possível o retorno híbrido, seguindo todas as orientações das autoridades de saúde.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

  1. Alexandre

    Parabéns ao Secretário Municipal de educação Pauderney Avelino, pois liberar as aulas presenciais para as crianças e adolescentes será um grande HOLOCAUSTO, tendo em vista que as ações do VÍRUS CHINÊS são mutantes e este grupo além de não serem vacinados estarão em risco de vida e serão também transportadores e transmissores do VÍRUS desencadeando a 3 onda aonde as morte de crianças e adolescentes será crescente. Infelizmente nossas autoridades estão omissão, afinal o Amazonas recebeu do governo federal quase 20 bilhões de reais e não há nenhuma fiscalização e investigações nestes gastos e tão pouco ações PREVENTIVAS no combate ao Vírus Chinês. O senhor prefeito só pensa em auto promoção, afinal o foco dele será as eleições para governador, mas do jeito que está agindo será mais um desempregado pelo povo nas próximas eleições.

Deixe uma resposta