Prefeitura de Manaus abre canal de negociação com os professores

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), abriu diálogo com a classe dos professores para tratar de demandas da categoria. Para isso, o secretário de Educação, Pauderney Avelino, recebeu, nesta terça-feira, 16/2, membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam) e apresentou as ações da pasta para o início do ano letivo de 2021, que será no dia 18 de fevereiro, de forma remota.

O secretário afirmou que, por orientação do prefeito David Almeida, está acompanhando as demandas da categoria, como estrutura para os profissionais trabalharem remotamente e o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR).

Pauderney avalia que a reunião com o Sinteam serviu para transmitir aos representantes da categoria dos professores, as medidas tomadas pela Semed para garantir a estrutura para professores e alunos.

“Passamos para eles com toda transparência e com toda nossa vontade de acertar e chamamos o sindicato para nos ajudar, fazendo uma parceria em prol da educação”, pontuou.

O secretário de Finanças do Sinteam, Cleber Ferreira, ressaltou a importância desse diálogo com a Semed e afirmou que o objetivo do sindicato é realizar um trabalho em conjunto, em prol dos direitos dos professores.

“Saímos daqui com um saldo positivo, porque em todo o momento que se inicia um diálogo, você tem a perspectiva de que vamos ter lutas melhores e garantia de direitos. O sindicato não está aqui para ser contra a secretaria, mas ser a favor da categoria e por acreditar que a Semed quer atender, da melhor maneira possível, aqueles que são seus funcionários”, declarou Cleber.

Merendeiras             

Na segunda-feira, 15/2, a Semed também recebeu representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Refeições Coletivas de Manaus (Sinterc). No encontro, o titular da pasta tratou das demandas dos trabalhadores e reafirmou a intenção do prefeito de Manaus, David Almeida, de manter o diálogo aberto, valorizando os profissionais envolvidos na educação.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta