Prefeito do Amazonas pede apoio para conter demarcação de terras

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

“O município de Santa Isabel do Rio Negro vai terminar inviabilizado econômica e socialmente se continuar cedendo terras para demarcações”. A denúncia é do prefeito Araildo Mendes do Nascimento, o “Careca”, que esteve em visita ao gabinete do senador Eduardo Braga, em Brasília, nesta quarta-feira (21). O prefeito foi acompanhado de uma comitiva de vereadores, todos preocupados com os critérios de demarcação de terras indígenas e reservas florestais no município. 

Santa Isabel do Rio Negro, que possui uma população de 23 mil habitantes, vem cedendo áreas para demarcação. Já são 12 reservas entre florestais e indígenas, que tomaram parte significativa da área produtiva do município. “Queremos a suspensão da demarcação dessas terras. Estamos dispostos a ir até ao Presidente Temer“, disse o prefeito. “Se o município continuar cedendo terras vai acabar inviabilizado econômica e socialmente”, acrescentou.

“A decisão está nas mãos do ministro Eliseu Padilha, pois é o gabinete civil da Presidência que trata da questão no palácio do Planalto”, disse o prefeito, ao pedir ajuda do senador para sensibilizar o Planalto sobre os graves problemas causados pela demarcação.

“A questão é delicada e sensível. Vamos avaliar a situação junto aos ministros Carlos Marun, da Secretaria de Governo e Eliseu Padilha, chefe da Casa Civil da Presidência da República”, afirmou o senador Eduardo Braga, que vai solicitar mais informações sobre a atual situação da área.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta