Petrobras doa 1,4 mil notebooks à rede estadual de ensino

Visando fortalecer as políticas de inclusão digital na educação básica, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar participou da chamada pública de doação de notebooks da Petrobras e foi contemplada com 1.434 laptops. Nesta terça-feira (23/04), representantes da empresa petrolífera realizaram a entrega simbólica dos computadores portáteis à rede estadual de ensino.

Por meio da chamada pública, que foi lançada no segundo semestre de 2023, foram beneficiadas 54 escolas estaduais, das quais 29 são de Manaus e 25 no interior, sendo 11 em Carauari e 14 em Coari (municípios distantes 788 e 363 quilômetros da capital, respectivamente). Em Coari, além das unidades de ensino da rede estadual, o Instituto Federal do Amazonas (Ifam) também receberá os aparelhos. 

Durante o evento, a secretária de estado de Educação e Desporto Escolar, Arlete Mendonça, agradeceu a doação e destacou a importância da contribuição tecnológica à rede estadual de ensino, principalmente no interior. 

“Estamos aqui para celebrar esse termo de parceria, para que cada vez mais os nossos estudantes estejam apoiados dentro dessa oportunidade da inclusão digital”, disse a secretária.

Para serem beneficiadas, as escolas que optaram por concorrer à chamada seguiram critérios eliminatórios estabelecidos pela Petrobras. A classificação ocorreu de acordo com a prioridade de relevância das instituições de ensino nas comunidades em que estão localizadas. Os notebooks serão utilizados em atividades pedagógicas voltadas para alunos do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Os nossos alunos têm um conhecimento bem grande na tecnologia e a gente precisa acompanhar essa evolução. A partir de um planejamento educacional dentro da escola com a equipe pedagógica, vamos sistematizar esse trabalho (com os novos aparelhos)”, disse a coordenadora Distrital de Educação 3 (CDE 3), Luciana Campelo, responsável pelas unidades da rede da zona centro-oeste de Manaus, região em que 11 escolas foram beneficiadas.

Para o aluno da Escola Estadual Altair Severiano Nunes, Murilo Pantoja, de 14 anos, os notebooks darão suporte aos estudantes que não possuem apoio de ferramentas tecnológicas em casa, ajudarão a impulsionar a pesquisa científica e o desenvolvimento de projetos.

“Tem gente que não tem como pesquisar em casa, tem pessoas que não têm internet para pesquisar e, com esse notebook, a gente pode pesquisar dentro da escola mesmo e conseguir essa informação necessária para um ensino melhor”, disse.

O projeto

A Petrobras beneficiou 167 escolas públicas e organizações da sociedade civil em todo o país. Além do Amazonas, foram contemplados com os notebooks os estados do Amapá, Bahia, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Sul. O investimento da empresa foi de R$ 549.770,99.

“A gente tem, no Brasil, níveis de desigualdade regionais extremamente importantes. A gente entende que educação é uma frente de atuação que tem um potencial imenso de promover desenvolvimento e mudar a história de vida e que essa ferramenta vai poder, sim, auxiliar as escolas”, disse Carolina Leão, gerente setorial de responsabilidade social-regional norte e nordeste I, da Petrobras.

“A ideia é que a gente possa alcançar escolas aqui da capital do estado e escolas também do interior, que têm mais dificuldade de alcance a esse ferramental tecnológico, que é fundamental para promover a inclusão digital”, acrescentou.

FOTO: Euzivaldo Queiroz

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta