Pessoas com mais de 60 anos, sem acesso à internet, podem se cadastrar para vacinação nas UBSs

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs), da Prefeitura de Manaus, dos Distritos de Saúde (Disas) Norte, Sul, Leste e Oeste, que não estão fazendo atendimento preferencial de casos suspeitos de Covid-19, estão recebendo pessoas de 60 anos e mais, que não tenham acesso à internet, para que façam o cadastro no “Imuniza Manaus” (https://imuniza.manaus.am.gov.br/), plataforma criada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para registro de informações relativas à de vacinação.

O atendimento acontece no horário de funcionamento das UBSs, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O cadastramento também pode ser feito por acompanhantes de idosos ou familiares. Para realizar o cadastro é necessário informar nome, número do CPF, endereço, contato telefônico e se tem alguma comorbidade.

“Estamos buscando alternativas para facilitar ainda mais o acesso das pessoas acima de 60 anos a esse cadastramento, que embora não seja obrigatório, possibilita o agendamento, tornando o atendimento nos locais de vacinação mais rápido. No último dia 6, o prefeito David Almeida determinou a abertura de escolas da rede municipal para esse cadastro. Agora, nossas UBSs estarão de portas abertas para receber esses idosos”, informa a secretária interina da Semsa, Aline Rosa Martins.

O cadastramento dos idosos para a vacinação contra a Covid-19 começou a ser feito na primeira quinzena de fevereiro, com o objetivo de organizar o fluxo de atendimento e assegurar a vacinação dentro dos prazos estabelecidos pelo fabricante das duas vacinas que estão sendo utilizadas, a CoronaVac/Butantan e a AstraZeneca/Oxford. Até a última sexta-feira, 12, o sistema já computava 147.893 pessoas de 60 anos e mais cadastradas, sendo 55.602 da faixa etária de 60 a 64 anos; 43.726 de 65 a 69 anos; 20.829 de 70 a 74 anos; 12.778 pessoas de 75 a 79 anos; e 14.958 acima de 80 anos de idade.

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, a meta é vacinar, em Manaus, 166.717 pessoas de 60 anos e mais. Com base nesse total, ainda faltam se cadastrar no “Imuniza Manaus” 18.824 pessoas, o equivalente a pouco mais de 11%. O único grupo que ultrapassou o esperado foi o de 65 a 69 anos, cuja meta é vacinar 42.808 pessoas e já foram cadastradas mais de 43 mil. Os outros grupos ainda não alcançaram os números das metas.

“É em busca dessas pessoas que estamos, para ajudá-las, facilitando para que façam o cadastro e avancemos ainda mais na vacinação. Nosso desempenho nesta campanha está superando todas as expectativas, desde o planejamento até a execução. O Amazonas está no topo no ranking nacional e Manaus tem um peso considerável nesse resultado”, observa a secretária Aline.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta