Pesquisa aponta que preços da cesta de Natal podem variar até 84% de um estabelecimento para outro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Pesquisa da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/Aleam) constatou uma variação de até 84,05% no preço de itens da cesta natalina em Manaus. O levantamento foi realizado no período de 3 a 5 de dezembro em dez supermercados localizados nas zonas norte e leste da capital amazonense.

Para efeito de registro, a pesquisa de preços de cestas e aves natalinas considerou todos os produtos listados, independentemente de marca ou valor.

A partir dos dados coletados pela CDC/Aleam, foram constatadas variações significativas de preço dos produtos natalinos, entre os quais o do Chester (Perdigão) e o da Ave Supreme (Sadia), cuja diferença de valor chegou a 84,05% e 64,87%, respectivamente, entre os estabelecimentos pesquisados.

Conforme a pesquisa, o quilo do Chester pode ser adquirido por R$ 12,98 (o mais barato) até R$ 31,21 (o mais caro), enquanto que o da Ave Supreme varia de R$ 14,49 a R$ 23,89.

Entre as carnes suínas, o pernil com osso chegou a apresentar diferença de 40,65% no preço do quilo comercializado, variando de R$ 29,90 a R$ 27,99. Já o pernil desossado, a diferença registrada foi de 23,55%, sendo R$ 31 o mais barato e R$ 38,30 o mais caro.

Já o preço do tradicional peru de Natal apresentou uma variação em torno de 20,53%, ficando em torno de R$ 20,98 a R$ 25,89, o quilo, dependendo da marca.

De acordo com o presidente da CDC/Aleam, deputado estadual João Luiz (Republicanos), a pesquisa foi realizada com o intuito de subsidiar os consumidores amazonenses no período natalino.

“Ao percorrer dez estabelecimentos de Manaus, nosso objetivo foi fornecer aos consumidores informações que possam ajudar a orientar as compras nesse período de festas e confraternizações”, justificou João Luiz.

*Cestas natalinas*

Em relação ao preço das cestas natalinas, o item foi encontrado em apenas dois estabelecimentos pesquisados, mas em diversas configurações, tamanhos e formatos. Neste caso, não foi possível estabelecer um parâmetro comum para aferir preço médio ou diferença de valor para cada versão apresentada. No entanto, a CDC/Aleam categorizou as cestas natalinas em duas categorias, básica e premium. Os preços constatados para cada versão variaram de acordo com a quantidade, qualidade e itens que compõem cada cesta, sendo a básica, com 19 itens, R$ 49,90 e a Premium, com 24 itens, R$ 89,10.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta