Penúltimo debate da eleição perde impacto com ausências de Amazonino e David

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Terminou há pouco o penúltimo debate da campanha municipal de Manaus deste ano. Novamente promovido pela Band Amazonas, o programa foi prejudicado pela ausência dos dois melhores colocados nas pesquisas até aqui, Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante). O primeiro já disse que não vai a nenhum confronto por entender que não há segurança nos estúdios para prevenir a Covid-19 e o segundo avaliou que seria o principal alvo e optou por comparecer apenas à TV A Crítica, que receberá os candidatos à noite, no último encontro entre eles antes da eleição de domingo (15).

Em um debate sem novidades, os candidatos repetiram as performances e todos atacaram os dois ausentes. Terceiro colocado na maioria das pesquisas, Ricardo Nicolau (PSD) acabou se transformando no principal alvo dos concorrentes, mas dessa vez não caiu nas provocações e manteve a sobriedade. Os outros limitaram-se a repetir as propostas que têm apresentado no horário eleitoral, praticamente sem troca de acusações.

Destaque para a disputa entre os candidatos Coronel Menezes (Patriota), Capitão Alberto Neto (Republicanos) e Romero Reis (Novo) para ver quem seria a melhor opção à direita. Nas considerações finais, o deputado federal, que na verdade é major da PM, chegou a se colocar como o nome deste grupo político com maior chance de ir ao segundo turno, pedindo voto dos eleitores dos concorrentes.

A maioria também procurou colar apoiadores nos adversários, citando os nomes do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), do governador Wilson Lima (PSC) e do senador Omar Aziz (PSD)>

Compareceram ainda Zé Ricardo (PT), Alfredo Nascimento (PL) e Marcelo Amil (PC do B).  Chico Preto (DC) e Gilberto Nascimento (PSTU) não participam porque seus partidos não têm representação na Câmara dos Deputados.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta