Panorama das eleições municipais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Recentemente alguém me fez uma inquirição: Como você analisa os candidatos ao Executivo Municipal nas eleições vindouras? Então, eu resolvi compartilhar aqui com meus amigos leitores. Faço questão em dizer que falo como cidadão, não represento a instituição a que pertenço. É uma análise de um ser que gosta do fato político. Procuro aqui contemplar quase todos os pleiteantes. Se esqueci algum peço escusas.

  • Amazonino Mendes: Se estiver bem de saúde, sempre é um nome forte. Possui uma forte rejeição, mas também possuí um eleitorado cativo. A decepção com o atual governo estadual o ajudou muito!
  • José Ricardo: Bem votado nas últimas eleições. Possui a seu favor a militância esquerdista, mas terá que enfrentar a forte rejeição ao PT e ao lulismo, do qual ele é forte defensor.
  • David Almeida: É um forte candidato. Precisa fazer alianças corretas, pois o seu eleitorado evangélico não admite composições à esquerda. Talvez este seja o seu grande momento político.
  • Josué Neto: Quer surfar na onda bolsonariana, mas é rejeitado pela direita conservadora. Possuí um perfil parlamentar forte, mas sua fama de autoritário não ajuda muito. Talvez nem seja candidato.
  • Chico Preto: Deu uma guinada para a direta. Faz muito barulho como Vereador, mas não tem estrutura partidária que o fortalece!
  • Marcos Rotta: Ficou muito escondido, praticamente sumido em seu conturbado mandato como vice-prefeito. É bom de comunicação, mas não terá muito o que apresentar.
  • Alfredo Nascimento: Como prefeito saiu bem avaliado, mas desgastou-se no governo Lula. A não conclusão da Br 319 é uma eterna pedra em seu sapato!
  • Coronel Meneses: É um dos que vai se apresentar como Bolsonarista. Terá ele tempo de se tronar conhecido do eleitor?
  • Alberto Neto: outro que vai tentar se apresentar com o apoio do presidente. Contudo, sua atuação parlamentar ainda não permite que ele alce voos mais altos!
  • Caroline Bras: Candidata do Governador. É indiscutível o desgaste do Governo estadual, o que por si só já enfraquece esta candidatura.
  • Serafim Correa: Se for candidato é só para ajudar o PSB a fazer uma boa bancada de Vereadores. É candidato eterno!
  • Romero Reis: Empresário de sucesso, conservador. Outro que surfará na onda bolsonariana. Possui um discurso do “novo”, mas terá tempo de convencer o eleitor?

Vamos lá. A sorte está lançada!

Qual Sua Opinião? Comente: