Palácio do Planalto não recebeu bem pedido de impeachment de Wilson Lima, diz Veja

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A coluna Radar, da Revista Veja, uma das sessões mais prestigiadas da mídia nacional, diz hoje que o Palácio do Planalto estranhou que um membro do PRTB, partido do vice-presidente Hamilton Mourão, tenha admitido o pedido de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e de seu vice, Carlos Almeida (PTB). Segundo a publicação, o momento, para o staff da Presidência, seria inoportuno.

O texto lembra ainda que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Josué Neto, já se declarou pré-candidato a prefeito de Manaus e diz que o Planalto avalia a manobra como eleitoreira.

Impeachment é uma palavra muito mal vista no Planalto, uma vez que ela foi associada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) algumas vezes ao longo dos últimos meses, nas sucessivas crises políticas que cercaram o chefe da Nação.

Josué Neto filiou-se ao PRTB no mês passado, depois de sair do PSD e perder o controle do PTB para o vice-governador Carlos Almeida. O presidente da ALEAM anunciou a pré-candidatura quando anunciou a filiação. Ele tem se afastado muito do Governo desde o final do ano passado. Inicialmente em conflito com o vice, ele evoluiu nos últimos dias para o confronto direto com o governador.

O PRTB, aliás, foi o partido pelo qual o próprio Almeida disputou a eleição de 2018.  Ele permaneceu na legenda té março último.

Confira o texto na íntegra clicando aqui.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta