Nova lei estadual autoriza Governo a pagar diárias para médicos em hotéis

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Os profissionais da área médica que atuam no combate à pandemia de coronavírus no Amazonas podem ser beneficiados com estadias em hotéis conveniados ao governo do Estado. A intenção é evitar que médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e motoristas de ambulância evitem o retorno às suas casas e aumentem o risco de contaminar seus familiares.

Em maio do ano passado, a Assembleia Legislativa do Amazonas aprovou a lei n. 5.196, de autoria do deputado Fausto Jr. (MDB), que autoriza o Poder Executivo a realizar parcerias com a rede hoteleira. A ideia é oferecer acomodações para hospedar profissionais da rede pública de saúde durante o período de calamidade pública.

Embora tenha sido aprovada há oito meses, a lei ainda não foi usada pelo Executivo Estadual para beneficiar os trabalhadores da linha de frente no combate à pandemia.

Com o agravamento da segunda onda de contaminações pelo coronavírus, os hospitais de Manaus estão lotados, causando acúmulo de trabalho aos profissionais da saúde.

“Temos que pensar na segurança destes profissionais e de suas famílias. A oferta de acomodações em hotéis é fundamental para evitarmos a propagação do vírus”, afirmou o deputado Fausto Jr.

O parlamentar disse que vai conversar com o governador Wilson Lima e com o secretário de Saúde, Marcellus Campelo, para colocar em prática a parceria com os hotéis.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta