No Sambódromo, por enquanto, só funcionam testes para servidores

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) já realizou, até segunda-feira (25/01), 26.717 exames de detecção de Covid-19, desde agosto de 2020, em regime drive-thru, no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus, na zona centro-sul da capital. Os testes são destinados a profissionais de educação e do sistema prisional da capital e também atendem a solicitações de serviços de saúde. Não existe vacinação no local, como foi falsamente informado em aplicativos de conversas.

Dos 26.717 exames realizados, 25.417 foram testes rápidos feitos após agendamento de profissionais de educação e sistema prisional solicitado junto aos superiores desses servidores. Os demais 1,3 mil são RT-PCR realizados após encaminhamento de serviços de saúde da capital.

A assessora de Apoio à Gestão da FVS-AM, Cinthia Alcântara, apontou que os exames são realizados de forma rotineira, atendendo demandas das Secretarias de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). “Após ter o dia e horário agendado, a pessoa segue para o Sambódromo e é recebida por equipe da FVS, que realiza o teste com o paciente dentro do carro, em regime drive-thru”, descreveu.

Esclarecimento

Nesta terça-feira (26/01), a equipe técnica da FVS-AM foi surpreendida com cerca de 20 idosos que buscaram por vacinação contra Covid-19 no Sambódromo. A FVS-AM informa que a imunização não está sendo realizada no local e que a vacinação contra Covid-19, na capital, é de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Manaus.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde da capital (Semsa), a vacinação ocorre, nesta terça-feira (26/01), para idosos que moram na Fundação Doutor Thomas (FDT) e para profissionais de saúde que lidam diretamente com esse público.

Referência

A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas, incluindo o monitoramento de indicadores de doenças, como a Covid-19, e está na linha de frente do enfrentamento à pandemia da doença no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os números para contato são (92) 3182-8550 e 3182-8551.

FOTO: Girlene Medeiros

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta