Ninguém explica Deus

Por Daniel Melo*

É maravilhoso estudar Teologia e saber que ninguém pode explicar Deus. É maravilho conhecer Deus através do seu filho Jesus, Unigênito, Salvador e Senhor. Não estou a falar de uma crença irracional, pois como diria John Stott “crer é também pensar”. Falo de uma experiência pessoal que nos leva a ter intimidade com Altíssimo. A fé é alegre. O pastor Richard Wurbrand, saudoso fundador da missão “a voz dos mártires” escreveu sobre a tristeza do ateísmo. Dizia ele: ”você já ouviu alguém compor uma sinfonia para o não, ou dedicar uma poema a negatividade”? Mais do que alegre a fé é criativa, inspiradora, motivadora. Crer em Jesus é saber que ele nos guia através do seu Espirito Santo.

A fé é restauradora. Homens sem esperança encontram um Deus que os acolher em seus braços. O amor eterno os atrai para uma vida com propósitos saudáveis. Em minha longa caminhada cristã tenho visto a operação de milagres que transformam viciados em sóbrios condutores dos seus lares; tenho contemplado a cura emocional de corações amargurados; tenho visto o sorriso substituir lagrimas que outrora eram inconsoláveis!

Ninguém explica Deus. Eu também não faço questão de tentar. Eu quero é poder senti-lo em minha vida; quero poder agrada-lo com minhas atitudes; quero glorifica-lo através do seu filho Jesus. No final de tudo, sei que as minhas lagrimas serão enxugadas e junto com os meus irmãos remidos iremos habitar na nova Jerusalém. Você é daqueles que tenta explicar Deus? Que tal você mudar sua atitude? Aproxime-se dele com o coração humilde e quebrantado. Reconheça a autoridade de Jesus, que é o caminho, a verdade e a vida. Se você assim o fizer a cada dia ele se manifestara em sua vida de uma forma real. Só ele é Deus verdadeiro!

* O autor é pastor da Igreja de Deus Pentecostal do Brasil, pedagogo e pós-graduado em Ciências da Religião.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta