Morre, vítima da Covid-19, o jornalista J. Rosha, que fez sucesso como cartunista

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Faleceu hoje no hospital 28 de Agosto, em Manaus, o jornalista José Honório Garcia Rocha, ou simplesmente J.Rosha, como assinava em seus cartuns, charges e ilustrações. Ele estava internado há 28 dias, depois de sfrer um infarto. Acabou contraindo a Covid-19 neste período, o que agravou seu quadro de saúde.

Além de jornalista, com atuação destacada no Jornal do Commércio na década de 80, Rosha atuava como indigenista e colunista no movimento trabalhista. Nos últimos meses mantinha uma coluna no site Correio da Amazônia, onde escrevia crônicas do cotidiano e também sobre as causas defendidas por ele.

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), J. Rosha atuou ainda como assessor de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos, onde produziu o jornal interno. Tornou-se depois assessor do Conselho Indigenista Missionário (Cimi Norte I), onde acompanhava a luta dos indígenas pelo direito à terra.

Foi ainda diretor de Política de Gestão Sindical do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Amazonas.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas lamentou a perda deste profissional e desejou condolências aos amigos e familiares.

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta