Mesmo rompido com Artur, Hissa destina recursos de sua emenda para Manaus

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Hissa_Câmara_

a semana de aniversário da capital amazonense, o governo federal liberou recurso da ordem de R$ 450 mil para a Prefeitura de Manaus. O montante faz parte da emenda orçamentária apresentada, em março deste ano, pelo deputado federal Hissa Abrahão (PPS-AM).  Na época, o vice-líder do PPS na Câmara indicou dez emendas à Lei Orçamentária Anual (2015), totalizando R$ 10 milhões, sendo a metade para ser aplicada na área da saúde.

De acordo com o parlamentar, o recurso poderá ser usado nas atividades relacionadas à saúde mental da população manauense. O deputado federal ressalta que apesar das divergências políticas com o atual prefeito de Manaus, o seu mandato será em prol da capital e do Estado do Amazonas. “O recurso será aplicado, exclusivamente, na saúde mental. A gente deixa as divergências de lado e luta pelo bem de Manaus”, disse.

Hissa Abrahão explicou que por conta da crise econômica do país, a Presidência da República optou por não liberar todo o montante das emendas apresentadas pelo deputado em março. “Dos R$ 10 milhões que apresentamos, o governo liberou, por meio de notas de empenho, somente R$ 1,8 milhão. O dinheiro será aplicado na área de saúde em Manaus, educação e segurança”, explicou o deputado, ressaltado que as notas de empenhos já podem ser utilizadas pela Prefeitura de Manaus. “Ou seja, o poder público municipal e o governo do Estado podem investir o recurso que o governo federal garante o pagamento. Há várias empresas e organizações que trabalham com nota de empenho”, concluiu.

Mais recursos

Além da Prefeitura de Manaus, a União liberou aproximadamente R$ 500 mil para a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Hissa Abrahão destacou que a pasta poderá utilizar o dinheiro na capacitação de policiais civis e militares. O deputado federal informou, também, que foram liberados R$ 900 mil para a aquisição de transporte escolar no Estado. “O dinheiro vai ajudar, principalmente, aqueles estudantes que sofrem nos interiores do Amazonas para se deslocar até a escola. Em muitos casos, assistimos ao péssimo serviço que é oferecido aos alunos. Na maioria das vezes não há ônibus ou embarcações em condições de uso”, comentou.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta