Mensagens trocadas por militante do PDT, encontrado morto, e a namorada sugerem que ele estava sendo ameaçado

alexandre

O corpo do militante do PDT, Alexandre César Gomes, foi reconhecido hoje pela manhã pelo irmão dele, Julio César Goes, no Instituto Médico Legal. Ele estava desaparecido desde sexta-feira pela manhã, quando saiu de casa prometendo que voltaria para o almoço. Uma troca de mensagens dele com a namorada sugere que estava sendo ameaçado. O próprio atribuiu as ameaças à sua militância, chegando a citar o governador José Melo.

Havia uma enorme apreensão entre os militantes do PDT em relação ao sumiço de Alexandre, que era considerado uma pessoa tranquila, que não fumava, não bebia e não usava drogas. O presidente do partido no Estado, Stones Machado, chegou a ir ao IML ontem, mas não identificou nenhum corpo.

Alexandre foi encontrado sem vida hoje de madrugada em um ramal do Puraquequara. Segundo a Polícia, ele foi morto com um tiro na cabeça, o que indica a possibilidade de uma execução.

Na semana passada o rapaz foi abordado por dois homens, que levaram apenas um de seus celulares. Ele cita o episódio na conversa com a namorada. Veja abaixo o diálogo, que certamente servirá de base para as investigações.

alexandre 1

alexandre 3

alexandre 4

alexandre 2

alexandre 5

 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

4 COMMENTS

  1. Tem que exigir que a polícia federal investigue pois isto tudo tem veracidade. Como pode a polícia civil fazer a investigação se ela mesma está sendo acusada. Isto tudo por causa dos dólares.

LEAVE A REPLY