Oficiais e praças da PM devem estar juntos em assembleia convocada para amanhã

Praças e oficiais da Polícia Militar devem estar juntos nesta quarta-feira, em assembleia convocada por quatro entidades, a ser realizada na Associação dos Oficiais. A medida foi tomada depois que eles ficaram sabendo da ausência do governador José Melo na formatura marcada para hoje, no final da tarde, no comando da PM, em Petrópolis.

A formatura havia sido adiada do último dia 27 a pedido do governador, que anunciou na véspera a impossibilidade de cumprir o que havia prometido para o mês de abril – as promoções e o atendimento às demais demandas na tropa. Melo disse que explicaria tudo no evento de hoje, mas embarcou para Brasília e não vai comparecer, o que gerou revolta entre os policiais.

Desde a semana passada circulam mensagens nos grupos anunciando uma espécie de “greve branca”. Como estão proibidos pelo Supremo Tribunal Federal de fazer manifestações ou paralisar as atividades, os policiais têm procurado alternativas para protestar contra o governo.

Na Assembleia, eles devem finalmente definir o que fazer.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta