Melo entra de corpo e alma na campanha de Ramos, disparando telefonemas e pedindo voto

O governador José Melo decidiu assumir a dianteira das articulações pré-eleitorais do candidato Marcelo Ramos, neste feriado dedicado ao Dia do Funcionalismo Público. De seu escritório pessoal, ele passou o dia disparando telefonemas para alguns setores. Falou com vários oficiais da Polícia Militar, pedindo que se engajem nesta reta final; para seus amigos da Secretaria de Educação; para prefeitos e ex-prefeitos do interior que tem parentes e amigos em Manaus e para deputados e vereadores.

Até aqui Melo topou ficar fora da campanha, não declarar voto e ser até atacado por Ramos,mas a divulgação dos últimos números, dando a vitória ao prefeito Arthur Neto, tirou o mandatário do exílio político e o colocou na raia, ajudando seu candidato.

Ao mesmo tempo, o senador Omar Aziz e o deputado Alfredo Nascimento passaram o dia tentando convencer PT e PC do B a entrarem na campanha nesta reta final, colocando a militância na rua para pedir votos para Marcelo Ramos.

A tentativa do trio de políticos é tentar estancar a onda que se criou nos últimos dias a favor de Arthur e criar um contra-ataque final, para equilibrar os números e tentar dar um capote no prefeito.

Não está fácil.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta