Melo agradece TJAM por ter lhe dado R$ 400 milhões a mais. Mas, para onde foi esse dinheiro?

A parceria entre o Governo do Amazonas e o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) rendeu cerca de R$ 400 milhões para os cofres públicos do Estado no ano de 2016. A afirmação foi feita pelo governador José Melo, durante a cerimônia de posse do novo desembargador da casa, o juiz Jomar Ricardo Saunders Fernandes.  Mas, para onde foi este dinheiro?

De acordo com o governador, o tribunal garantiu à administração pública acesso a verbas de depósitos fiscais devidos, frutos de dívidas e impostos com o Estado. A medida, junto com a otimização na gestão, ajudou o Amazonas a garantir um lugar entre os três estados brasileiros com melhor equilíbrio fiscal de acordo com o Ministério da Fazenda. 

“Este ano, o tribunal trabalhou de forma rápida e permitiu que mais de R$ 400 milhões voltassem aos cofres do Estado que foi repartido e permitiu que chegássemos ao final do ano com certo conforto”, disse Melo. 

Ele disse ainda que dividiu o dinheiro com os municípios, mas prefeitos ouvidos pelo blog garantiram que não viram um centavo a mais dos repasses.

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta