Marcelo Ramos propõe controlar rotas dos ônibus por meio de aplicativo para celular

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Saber pelo celular a hora exata em que o ônibus chegará ao ponto. Essa será a finalidade do aplicativo Hora Certa, uma das propostas do candidato a prefeito de Manaus Marcelo Ramos, da Coligação Mudança para Transformar, na área do transporte coletivo e mobilidade urbana. “Vamos integrar os GPS já existentes nos ônibus com o georreferencimento dos pontos e terminais, funcionando com uma espécie de Waze (aplicativo de trânsito e navegação) do transporte coletivo”, explicou Marcelo Ramos.

Com o aplicativo, o usuário acompanhará on line o trajeto dos ônibus e saberá a hora exata que passará em determinado ponto. “Isso vai facilitar a vida de quem usa o transporte coletivo, pois não precisará ficar longos minutos esperando o coletivo exposto a sol, chuva e aos assaltantes”, detalhou o candidato, em entrevista na manhã desta terça-feira (30) a uma rádio da capital.

O serviço fará parte do Sistema Inteligente de Mobilidade (SIM), plataforma do plano de governo de Marcelo Ramos que propõe soluções para o transporte em Manaus.  Além de inovações como o Hora Certa, estão previstas a implementação da sinalização inteligente, a execução de obras de infraestrutura de transporte e o aumento da velocidade média da frota de ônibus como instrumento para desafogar o trânsito e dar mais agilidade ao transporte coletivo.

“Não há caminho para o trânsito que não passe pelo transporte coletivo. Nossa obsessão será aumentar a velocidade média dos ônibus, que hoje é de 17 km/h, para 35 km/h. Ônibus que anda mais rápido, demora menos, anda menos lotado e acaba demandando mais ônibus para a linha. Com ônibus mais rápidos, precisa-se de menos ônibus e se diminui o custo operacional da linha, segurando a tarifa”, explica Marcelo Ramos.

Meio alternativos

Marcelo Ramos também propõe o incentivo a meios alternativos de deslocamento.  Dentre elas, está a melhoria da infraestrutura de vias e calçadas para incentivar médios e pequenos deslocamentos a pé, o investimento em ciclorrotas em vias de menor circulação dos bairros para os terminais, onde serão construídos bicicletários, evitando a primeira viagem do bairro para o terminal de ônibus; e a execução da obra do Corredor Ecológico do Mindu, cujo Parque Linear previsto no projeto contempla uma ciclovia que se estenderá da reserva Ducke, na Cidade de Deus, até o Parque dos Bilhares, na Constantino Nery.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta