Luiz Castro diz que conjunto “Viver Melhor” está abandonado

O descaso do poder público estadual com os moradores dos conjuntos Viver Melhor, localizados nos bairros distantes na Zona Norte de Manaus, foi criticado hoje (27) pelo deputado Luiz Castro (REDE), devido aos problemas de falta de infraestrutura e de segurança.

“A falta de compromisso dos governos, empurra para os limites da barreira, a população que mais precisa dos equipamentos públicos e de serviços, e hoje vive isolada, sem transporte eficiente para chegar a tempo ao trabalho, sem hospital e sem escola”, criticou Luiz Castro.
De acordo com o deputado, o problema de moradia no Amazonas se arrasta há várias décadas e até hoje não foi enfrentado com seriedade pelos sucessivos governos, com políticas habitacionais que atendessem a população, com moradia digna para as pessoas de menor poder aquisitivo.
O Estado, segundo Luiz Castro, precisa de políticas públicas inclusivas e planejadas na área de moradia popular, dentro do espaço urbano da cidade, que diminuam o déficit habitacional, e que atendam efetivamente as necessidades das pessoas, com qualidade de vida.
O deputado destaca, por exemplo, que ao longo da Avenida das Torres, o governo deveria ter planejado a construção de empreendimentos residenciais populares, que proporcionassem acesso com mais facilidade aos serviços públicos e  ao comércio com mais comodidade.
Ele defendeu ainda a criação de um cadastro unificado, que priorize as pessoas que realmente precisam de casa para morar, reduzindo as ocupações e as agressões ambientais.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta