Justiça mantém afastamento do prefeito de Rio Preto da Eva, que pode ser cassado

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

20150727131429ricardo

O Tribunal de Justiça manteve, por unanimidade da turma que julgou o procedimento, o afastamento do prefeito de Rio Preto da Eva, Luiz Ricardo Chagas, solicitado pelo Ministério Público para facilitar a apuração de denúncias contra ele. Como a Comissão de Auditoria da prefeitura já descobriu uma série de irregularidades, o próximo passo da acusação é pedir a cassação do mandato dele.

Ricardo interpôs recurso, por meio do advogado Junior Fernandes, tentando suspender a decisão que o afastou da prefeitura por 180 dias – seis meses. Ele rebatia os argumentos do MP, que encontrou diversos indícios de irregularidades em sua administração.

A notícia da manutenção do afastamento foi recebida com festa agora há pouco em Rio Preto.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta