Justiça decreta prisão preventiva para padrasto que jogou bebê em igarapé, em crime que abalou Manaus

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Atendendo a pedido da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a Justiça do Amazonas decretou a prisão preventiva de Vanderson Mesquita dos Santos, de 22 anos, que jogou a enteada, uma bebê de 2 meses, em um igarapé na comunidade Alfredo Nascimento, bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus, na última terça-feira (15/12). O Corpo de Bombeiros continua procurando o corpo, numa ação que vem sendo acompanhada com aflição pela população.

A prisão foi solicitada ontem (16), pela delegada Bruna Parente. No dia do crime, o infrator havia sido detido por policiais militares da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Ele também foi flagranteado por tráfico de drogas. Em Boletim de Ocorrência no 6º Distrito Integrado de Polícia Civil (DIP), a companheira do homem, uma adolescente de 17 anos, informou o desaparecimento de sua filha de dois meses por volta das 3h da madrugada. Após a prisão, o padrasto da vítima confessou à polícia que cometeu o crime.

De acordo com o delegado Antônio Cláudio, titular do 13º DIP, responsável por investigações no bairro onde o crime foi registrado, as equipes entraram em diligências, ainda na terça, e o Corpo de Bombeiros iniciou as buscas pela criança.

O delegado Charles Araújo, titular da DEHS, informou que a Especializada acompanha as investigações.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta