Homem que estuprou e matou pastora no Careiro é preso

As Forças de Segurança do Amazonas, por meio das Polícias Civil e Militar, prenderam, na terça-feira (02/04), Romário Azevedo do Rego, 32, pelos crimes de estupro e homicídio contra a pastora Eliane Félix de Lima, 51, no município de Careiro (a 88 quilômetros de Manaus).

Na ocasião do crime, o homem invadiu a casa da vítima e a abusou sexualmente, matando-a em seguida. A resolução do caso é uma pronta resposta da Segurança Pública do Amazonas, uma vez que a prisão foi efetuada no mesmo dia em que o crime ocorreu. A morte da pastora causou comoção na população do município.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (03/04), estiveram presentes o secretário de Segurança, coronel Vinicius Almeida; delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI); a deputada estadual Alessandra Campelo, presidente da Procuradoria Especial da Mulher na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam); delegado David Jordão, da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Careiro; e tenente-coronel Freitas, comandante do Comando de Policiamento do Interior.

O secretário de Segurança, coronel Vinicius Almeida, destacou a celeridade em que o caso foi resolvido e parabenizou o trabalho dos policiais do município. “Isso mostra o profissionalismo e empenho das equipes em resolver situações como essa. Eu não tenho dúvida alguma que o judiciário vai dar uma resposta dura quanto a esse crime”, enfatizou.

Conforme o delegado Paulo Mavignier, diretor do DPI, o caso ganhou uma repercussão muito grande e foi rapidamente solucionado. A autoridade policial se solidarizou com os familiares da vítima e com a comunidade do Careiro, pois Eliane era conhecida por praticar o bem e teve um fim trágico e covarde, mas a Polícia Civil solucionou e deu uma resposta à sociedade.

“Eu quero parabenizar primeiramente a ação das Polícias Civil e Militar, juntamente com a Guarda Municipal que trabalharam de forma unida e conseguiram prender e remover o preso para a delegacia de Careiro da Várzea”, disse.

A deputada Alessandra Campelo destacou o empenho das Forças de Segurança que agiram de forma coordenada garantindo a prisão do criminoso. “Enquanto mulher e parlamentar quero dizer que foi um crime bárbaro com requintes de crueldade. Vale ressaltar que a Procuradoria Especial da Mulher sempre apoia o trabalho da Polícia Civil, bem como dá todo suporte à família da vítima”.

Caso

Segundo o delegado David Jordão, o autor é usuário de entorpecentes e conhecido da população do município. Ele tem 18 processos criminais em seu nome, entre eles 12 são roubos e furtos. Inclusive, um dos procedimentos era da vítima contra ele.

“Ontem recebemos a informação que uma pastora da comunidade foi encontrada morta em sua casa. Ela estava de bruços seminua com diversas marcas de violência sexual e também aponta-se para uma possível constrição da sua respiração que possivelmente tenha sido a causa da morte”, informou.

O corpo foi encontrado por familiares que acionaram as autoridades policiais. Após os procedimentos no local do crime, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para realização dos exames necessários.

Segundo o delegado, o autor também foi indiciado por violação de domicílio, tendo em vista que em uma ocorrência anterior, ele chegou a entrar em diversas casas dos comunitários para se esconder da Polícia Militar. Após ser preso, ele ainda jogou uma pedra contra a viatura e quebrou os vidros do veículo, por esse motivo também responderá por dano ao patrimônio público.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta