Homem é preso depois de estuprar a filha e a enteada

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), prendeu, na terça-feira (21/05), um homem, de 40 anos, por estupro de vulnerável praticado contra a filha biológica e a enteada. A prisão ocorreu no estaleiro em que ele trabalhava, às margens do Rio Negro.

Em coletiva de imprensa, a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, relatou que a filha do autor, a adolescente de 16 anos, procurou a irmã mais velha de 23, no dia 22 de abril para dizer que dois dias havia sido abusada sexualmente pelo pai. Posteriormente, ela informou que a violência sexual ocorria desde os 7 anos.

Na ocasião, ambas foram à delegacia e denunciaram o homem. Ao serem ouvidas, a irmã mais velha também disse ser vítima dele, dos 4 aos 11 anos. Segundo elas, a mãe tinha ciência dos abusos feitos pelo autor.

“Constatamos que a genitora era omissa em relação aos abusos e ainda agredia fisicamente as filhas quando elas relatavam. O irmão delas, de 17 anos, chegou a presenciar o crime e relatou para a mãe, mas ela não tomou nenhuma providência”, contou a delegada. 

Segundo a autoridade policial, foi solicitada à Justiça a prisão da mulher e a aplicação de medidas protetivas em favor das filhas. A Justiça deferiu apenas as medidas protetivas, não concedendo a prisão.

Também foi representada pela prisão preventiva do homem, e esta foi decretada. Ele responderá por estupro de vulnerável e posteriormente ficará à disposição da Justiça. Já a mãe, foi indiciada por omissão, estupro de vulnerável e violência doméstica.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta