Guardar mágoa só maltrata o coração

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Por muito pouco os homens perdem a cabeça, iram-se, ofendem-se, e por último matam seu próprio semelhante, criado à imagem e semelhança do criador. Quando isso acontece os dez mandamentos são deixados de lado. A raiz de amargura é um sentimento de frustração, de tristeza e de ressentimento.
O autor de Hebreus ressalta a importância de mantermos a serenidade, seja qual for a circunstância. O melhor é contar até dez, ou até mil, se preciso for.

Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus; que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando muitos; Hebreus 12:15

-Guardar mágoa só maltrata o coração. A raiz de amargura pode desencadear as doenças psicossomáticas, além de infelicidade, quando a pessoa amargurada foca apenas nas coisas ruins da vida.

-Ingratidão, por não apreciar as bênçãos de Deus, pensando apenas na amargura.

-Ódio por quem tratou mal.

-Atos de vingança e maldade contra o ofensor.

-Influenciar outros a terem pensamentos negativos.

-Perda de amizades.

-Afastamento de Deus, por se sentir zangado com Ele e com tudo.

Raiz de amargura tem remédio:

Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo. Efésios 4:31-32

Qual Sua Opinião? Comente: