Grupos de direita tentam convencer o general Pazuello a disputar o Governo do Amazonas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Grupos de direita estão tentando convencer o general Eduardo Pazuello, que voltou ao Exército depois de sair do Ministério da Saúde, a disputar o Governo do Amazonas. Ele recebeu inclusive o convite para se filiar ao Patriota, partido que já abriga hoje o coronel da reserva Alfredo Menezes, que é amigo dele e disputou a Prefeitura de Manaus no ano passado.

Pazuello nasceu no Rio de Janeiro, mas foi criado em Manaus, ao lado da família. Foi daqui que ele saiu para a Academia Militar das Agulhas Negras e de lá para a carreira militar. Seus parentes moram todos na capital amazonense e ele tem a cidade como sua base principal.

Nos últimos dias, depois da saída do Ministério, ele veio a Manaus passar um tempo com a família, descansando, e foi visto circulando pela cidade com amigos.

Pazuello ainda não se manifestou sobre a possibilidade, mas interlocutores ouvidos pelo blog disseram que a ideia não é repudiada pelo general.

Os incentivadores da candidatura garantem que ela teria o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta