Grupo de Eduardo também deu demonstração de força no final de semana, reunindo prefeitos

Grupo de Eduardo Braga em restaurante
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Um grupo de mais de 50 prefeitos, vices, ex-prefeitos, vereadores e lideranças políticas do interior do Amazonas se reuniu, no sábado (23), véspera do aniversário de 352 anos de Manaus, com o senador Eduardo Braga (MDB) e seu grupo político. Oficialmente o objetivo, segundo a assessoria, era promover “uma rodada de conversa sobre o futuro do Estado”, mas na prática foi uma demonstração de que o time está ativo na caminhada para construir uma candidatura ao Governo do Estado.

O encontro aconteceu em um restaurante no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus, e também contou com as presenças dos deputados federais Silas Câmara (Republicanos) e Delegado Pablo Oliva (PSL), além do deputado estadual Dermilson Chagas (sem partido), do presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM) e prefeito de Manaquiri, Jair Souto (MDB).

Na reunião Eduardo aproveitou para agradecer a parceria dos prefeitos no trabalho de execução dos recursos de emendas viabilizadas pelo parlamentar para pavimentação de ruas, avenidas, educação, esporte, lazer e para o incremento da saúde básica. “Os investimentos estão gerando trabalho e movimentando a economia dos municípios”, destacou Braga.

A parceria foi destaque nas falas de todos os prefeitos presentes, que agradeceram o empenho do senador na aquisição e reforma de 35 Unidades Básicas de Saúde (UBS Fluvial), melhorias no sistema de mobilidade urbana e rural, além de grandes investimentos na melhoria das estruturas de unidades educacionais.

O presidente da AAM, Jair Souto, disse que as emendas do senador Eduardo têm sido de grande importância para o interior. “Não sei mensurar, hoje, o que seria do interior sem essa ajuda do senador. No Manaquiri, estamos conseguindo gerir, por exemplo, o nosso sistema de saúde com esses recursos”, exemplificou Souto aos prefeitos e lideranças presentes.

Para os prefeitos de Tabatinga, Saul Bermeguy, João Campelo, de Itamarati (ambos do MDB), Pedro Guedes, do Careiro da Várzea (PSD) e Clovis Corubão, de São Gabriel da Cachoeira (PT), o governo do Estado precisa de uma gestão ágil para atender urgentemente as necessidades de investimentos nos municípios. “Precisamos de um gestor que nos ajude urgente”, disseram eles.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta