Grupo assalta clínica no Vieiralves, mas bate carro e adolescente é preso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), às 20h52 de sexta-feira (06/04), apreendeu um adolescente, na rua Maceió, zona centro-sul, acusado de cometer roubo à Clínica de Psicologia Equilíbrio, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, na mesma zona da cidade. 

A equipe de policiais da 22ª  Cicom foi acionada para atender uma ocorrência de roubo à clínica. No local, eles foram informados por vítimas do crime que três infratores invadiram o estabelecimento. Na ação, um ficou na entrada da clínica enquanto outros dois roubaram dinheiro e objetos de clientes e funcionários do local. Eles também roubaram o veículo Honda Civic cor cinza placa OAN 9149. 

De imediato os policiais, com o apoio de policiais militares em  motocicletas, se posicionaram em locais estratégicos e realizaram o cerco. Durante o encalço, o veículo roubado passou em frente ao portão de entrada da Fundação Doutor Tomas, onde o infrator condutor perdeu a direção e colidiu em um poste de energia, danificando-o na via. Em seguida, os infratores empreenderam fuga adentrando uma área de vegetação, porém um deles foi detido pelos policiais motociclistas. 

Durante abordagem, o suspeito disse ter 15 anos. Na revista pessoal foi encontrada uma munição calibre 36, intacta, em seu bolso. Posteriormente, foi realizada a revista no interior do veículo onde foram encontradas uma arma da marca Boito calibre 36, tipo escopeta, carregada com uma munição calibre 36 intacta, uma TV Led 32 polegadas, dois notebooks, uma impressora, duas caixas de som pequenas, uma mochila contendo nove celulares e uma carteira porta cédulas com documentações. 

Diante dos fatos e da materialidade do crime, o adolescente foi conduzido e apresentado na Delegacia Especializada em Apurações de Atos Infracionais (DEAAI) para as providências cabíveis.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta