Governos do Ceará e de Tocantins anunciam promoção de policiais e revoltam ainda mais os praças amazonenses

O anúncio, feito pelo governo do Ceará, da promoção de 1.800 policiais militares e bombeiros,  bem como a divulgação de que, no Tocantins, 1.400 militares serão promovidos, revoltou ainda mais os policiais militares, que mandaram mensagens ao blog dizendo que não podem entender como o governo anuncia a saúde financeira do Estado e não consegue sequer se comprometer com uma data para a promoção dos praças.

A indignação é forte neste final de ano nos grupos de policiais em aplicativos e nas redes sociais, até porque eles entendem que, mesmo com a aprovação de emendas, na Assembleia Legislativa, garantindo recursos para as promoções, não há uma data definida para que o governo libere estes recursos.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta