Governo libera salões, transporte intermunicipal e amplia horário do comércio, admitindo até música ao vivo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O governador Wilson Lima (PSC) acaba de anunciar um novo decreto, que passa a vigorar a partir de segunda-feira, flexibilizando a maioria das atividades comerciais. Ele reduziu a restrição à circulação de pessoas à faixa de horário entre 21h e 6h. Também liberou o funcionamento dos salões de beleza com horário reduzido e apenas para atividades que não prejudiquem o uso das máscaras. E liberou a apresentação de músicos ao vivo em restaurantes e shoppings, desde que em grupo de até três pessoas, “sem bebedeira nem festa”.

O novo decreto libera o funcionamento de lojas e acessórios automotivos e residenciais entre as 9h e as 17h, de segunda a sexta, com metade da capacidade. Os shoppings-centers também funcionarão nesta ritmo. Apenas no estacionamento poderão ser ocupadas 70% das vagas.

Escolas privadas estão liberadas para funcionar, mas apenas para a educação infantil, de crianças com até cinco anos, ou seja, prioritariamente as creches. As salas de aula deverão ocupar apenas 50% da capacidade e os donos destes estabelecimentos terão que garantir às autoridades e aos pais que têm condições de promover a segurança sanitárias necessárias.

Restaurantes, lanchonetes e similares poderão funcionar de segunda a sábado, das 6h às 20h. O delivery destes estabelecimentos está liberado para qualquer horário. O drive-thru funcionará entre 6h e 20h. Estes estabelecimentos poderão contratar músicos para se apresentar ao vivo, em grupos de no máximo três integrantes. “Peço a consciência de todos, porque isso não significa que festas ou bebedeiras estão liberados”, enfatizou o governador. Os restaurantes instalados em hotéis podem funcionar com as mesmas regras.

Flutuantes que têm a função restaurante em seu contrato social poderão funcionar de 9h às 16h, de segunda a sexta.

Os salões de beleza que funcionam dentro dos shopping center poderão funcionar de 12h às 16h. Já aqueles instalados na rua estão liberados para funcionar de segunda a sábado, das 12h às 16h. A ressalva para estes estabelecimentos é que poderão funcionar apenas para procedimentos que não exijam a retirada das máscaras.

Marinas estão liberadas para funcionar de segunda a sexta, das 6h às 16h, segunda  a sexta.

Academias poderão funcionar de segunda a sábado, entre 6h e 16h, mas as aulas coletivas, principalmente as de danças, estão proibidas.

Ônibus e barcos que fazem o transporte intermunicipal estão liberados, mas com capacidade reduzida a 50% e submetendo-se a normas estabelecidas pelos municípios e pela Agência Reguladora de Serviços Concedidos do Estado.

 

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta