Governador rebate bolsistas e diz que só paga depois de realizar pente fino da Fapeam

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

 bolsisteas da fapeam

Depois de uma manifestação realizada ontem por alguns bolsistas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado, cobrando pagamentos atrasados, o governador José Melo disse hoje pela manhã que só vai normalizar o desembolso depois que o órgão realizar um “pente fino” para saber quem realmente merece receber as bolsas. Segundo ele, há denúncias sobre gente que estaria morando fora do estado e recebendo como pesquisador, sem realizar sequer um curso.

Atualmente há aproximadamente seis mil bolsistas na Fapeam. São alunos dos cursos de mestrado e doutorado. Segundo melo, “tem gente morando no Rio de Janeiro e recebendo bolsa como se estivesse cursando aqui”.

Os bolsistas que foram protestar afirmam que estão passando por todo tipo de constrangimento, porque este é o terceiro atraso do ano. “Me sinto triste com isso, mas preciso me certificar do que realmente existe, por causa do momento delicado por que passa o cofre do Estado”, disse o governador.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta