FVS-AM desmente Prefeitura de Tefé, que não mandou buscar vacinas, e mostra informação a prefeitos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A nota informativa conjunta nº 16/2021 da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), emitida no último dia 10 de março, comprova que todas as Prefeituras Municipais do Amazonas foram notificadas com orientações sobre a complementação da vacinação de pessoas entre 60 e 64 anos contra a Covid-19 e fornece recomendações sobre a distribuição adicional das doses, conforme diretrizes do Ministério da Saúde. A Prefeitura de Tefé havia informado, também por meio de nota, que não mandou buscar as vacinas porque não havia recebido a informação. No total, 23 prefeitos deixaram de retirar remessas, prejudicando a população de seus municípios.

A informação foi levada à Tribuna do Plenário Ruy Araújo, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), pelo deputado estadual Carlinhos Bessa (PV) na manhã desta quinta-feira (18).

Em nota divulgada pela Prefeitura de Tefé, a Secretaria de Saúde do município informou que não havia sido notificada oficialmente pela FVS sobre a disponibilidade das doses, informação desmentida e comprovada pelo documento apresentado por Bessa. “Fui acusado de agir com má-fé. Como deputado estadual estou cumprindo o meu dever de fiscalizar e quando subo nesta Tribuna para fazer uma denúncia, eu tenho respaldo. Esse documento comprova que a prefeitura de Tefé sabia sobre as vacinas e não teve iniciativa para retirá-las”, destacou.

O parlamentar também informou sobre o transporte gratuito de vacinas oferecido pela companhia Azul Linhas Aéreas, alternativa que poderia ser utilizada pela prefeitura. “Tefé tem um aeroporto que recebe regularmente voos da Azul. A incompetência de uma administração em esperar pelo Governo é covardia com o seu povo. Nós não podemos deixar isso passar em branco. Não vou me esquivar do meu dever de proteger o povo do meu estado, sobretudo do meu município”, enfatizou.

Em aparte ao pronunciamento de Bessa, o deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) endossou o discurso do parlamentar. “A linha de raciocínio de vossa excelência está perfeita. Na minha opinião o povo de Tefé está sendo prejudicado porque o prefeito não tem atitude. Sua denúncia ontem, juntamente com meu pronunciamento, surtiu efeito. Esse é o nosso papel.”, disse.

O deputado estadual Fausto Jr. (MDB) também aparteou a fala do parlamentar. “Não existe desculpa para situações como a ocorrida em Tefé. Essa é uma competência compartilhada. Tenho certeza que muitos prefeitos fazem sua parte, mas outros não, como é o caso que vossa excelência está relatando. Tefé tem voo regular da Azul, da qual a própria empresa já se dispõe a não cobrar pelo transporte da vacina. É falta de vontade política e compromisso com a população”, contribuiu.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta