“Eu tenho que respeitar até quem não respeita minha família”, diz Arthur sobre baixaria

“Sabe por que é uma só Manaus? Porque eu não posso me dar ao luxo de ter raiva de ninguém. Eu tenho que respeitar até quem não respeita minha família. Até quem joga baixo”. A frase do prefeito Arthur Neto (PSDB) põe fim a boatos segundo os quais ele poderia responder aos ataques que tem recebido em aplicativos e nas redes sociais.

Desde o último domingo começaram a circular videos e áudios envolvendo o prefeito e seus familiares. O objetivo é claro: desestabilizar a campanha do tucano, que vinha crescendo nas últimas semanas.

“Há um evidente desespero entre alguns adversários, que não conseguiram crescer como esperavam. Estão deixando as propostas de lado e partindo para a baixaria. Estava demorando”, diz o candidato a vice de Arthur, deputado Marcos Rotta (PMDB).

A coligação tem acompanhado de perto a divulgação destes vídeos e áudios e já informou á Polícia Federal e à Justiça Eleitoral que um site tem sido usado pelos adversários para induzir o prefeito ao erro e tentar desestabilizá-lo, publicando inverdades sobre suas relações familiares.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta